quarta-feira, 29 de junho de 2016

Porque decidi me tornar um Empreendedor Digital

Antes de descrever porque decidi me tornar um Empreendedor Digital, convém contar o porquê de ter entrado nesta área.  Se você já leu meu livro “À Procura da  Felicidade” deve saber o nível de sucesso que já havia atingido antes de dar início a minha jornada como Empreendedor Digital. Deve saber também que eu estava insatisfeito com este nível de sucesso.

Mas caso você não tenha realizado a leitura deste livro, vou explicar melhor. Quando ocorreu meu primeiro “insight”, ou seja, no dia que entrei em um site de cozinha internacional, tendo meu primeiro contato com preparações que nunca havia ouvido falar, foi o momento que tive a minha grande idéia, a minha verdadeira visão de futuro, o meu primeiro contato com meu verdadeiro talento e falei para mim mesmo: “Paulo, você vai montar um restaurante!” Ou seja, meu objetivo inicial era apenas montar um restaurante.

Com o passar do tempo, cheguei a conclusão de que estava pensando pequeno e ampliei este objetivo para três restaurantes, a construção de uma casa de dois andares com piscina e a compra de dois carros de passeio, num prazo de dez anos.

Clique aqui e cadastre-se para receber novidades por e-mail 

Após muito trabalho – descrevo esta trajetória no livro –, depois de 9 anos, tinha o seguinte: 01 restaurante que atuava com buffet apenas no almoço, no qual os equipamentos e utensílios eram meus, mas pagava aluguel do imóvel – apesar de que alguns meses atrás tinha mais um restaurante em um clube de campo, no qual os equipamentos e utensílios não eram meus e funcionava em regime de concessão de uso, com contrato por tempo determinado –; um carro de passeio e um utilitário totalmente quitados; e uma casa simples de madeira com três quartos, sala, cozinha, banheiro e uma garagem, totalmente paga.

Como você pôde perceber, já estavam quase chegando os dez anos estipulados e eu ainda não havia atingido totalmente meus objetivos. Além disso, eu trabalhava diariamente das 07:00 às 18:00, de segunda à sábado. Isto porque, neste momento, estava cuidando somente do restaurante que atuava apenas com buffet no almoço. Mas quando além deste, cuidava também do restaurante do clube de campo, além da carga horária já apresentada, trabalhava nos sábados – cuidando de festas de casamento e aniversários – até próximo às 03:00 da manhã e domingo das 11:00 às 18:00.

Pelos meus cálculos, naquela época, após mais um ano de trabalho, poderia montar mais dois restaurante, comprando equipamentos e alugando imóveis para a abertura dos mesmos, mas a casa de dois andares com piscina e a compra de mais um carro de passeio, parecia mais distante.

Mas a esta altura eu já estava com quase 40 anos e a disposição para o trabalho já não era mais a mesma. Se eu montasse mais dois restaurantes, me tornaria um escravo do trabalho e não era bem isso que almejava para minha vida. Eu queria viajar, conhecer os países dos quais havia estudado a história gastronômica, mas cuidando de três restaurantes não seria possível.

Foi aí que tive meu segundo “insight”. Um domingo à tarde – como já mencionei, a esta altura estava somente com o restaurante que trabalhava com buffet de segunda a sábado, apenas no almoço, pois havia perdido a concessão do restaurante em um clube de campo, mas por outro lado, a vida ficou um pouco mais tranquila –, estava eu assistindo alguns vídeos no youtube e me chamou a atenção uma moça que tinha um vídeo com o seguinte título: “Como vender mais de R$ 400,00 por dia”.

Mandei rodar o vídeo pensando se tratar de venda tradicional e queria ver se a informação seria útil para aplicar em meu restaurante. Mas era venda de info-produtos por meio de um blog.

A moça indicou seu blog, o qual continha um artigo que mostrava como vendia info-produtos. O artigo dizia que para vender era preciso ter um blog. Mas para ter um blog era necessário ter autoridade em um nicho de mercado. Pensei: “isso eu tenho”, ou seja, tinha autoridade na área de gastronomia. Em relação ao nicho, pergunto a você: “quem não gosta de gastronomia?”

Continuei pesquisando sobre o tema e encontrei um vídeo de uma pessoa que faz sucesso no Empreendedorismo Digital, a qual dizia que uma das formas de ampliar a autoridade era publicando um livro.

Foi então que, apesar de grande relutância, resolvi realinhar minhas metas. Quando você define seu objetivo e as metas para atingi-lo é como se você construísse um mapa de onde quer chegar. Mas às vezes ocorre que o mapa que você construiu não está te levando ao lugar correto. Nesta hora é preciso coragem para buscar novas referências e encontrar um novo caminho para atingir seus objetivos.

Mais uma vez, repito, que meu objetivo era “montar três restaurantes, construir uma casa de dois andares com piscina e comprar dois carros de passeio, num prazo de dez anos”.

Após refletir bastante sobre este objetivo, entendi que na verdade, eu queria ter três restaurantes para que fosse possível obter uma renda que me permitisse viajar para os países, os quais havia estudado a história gastronômica, ou seja, Argentina, México, Itália, França, Portugal, Espanha, Alemanha, Grécia, Síria/Líbano e China.

Foi então que surgiu a ideia de trabalhar com Empreendedorismo Digital, ajudando as pessoas com tudo o que havia aprendido ao longo de minha jornada, através de um blog, no qual poderia colocar todo o conteúdo de minhas apostilas de gastronomia, as quais havia criado quando iniciei minha carreira, as quais também poderiam se tornar meus info-produtos.

Surgiu a ideia também de escrever um livro, para, como dizia o Empreendedor Digital citado anteriormente, ampliar minha autoridade em gastronomia, que se refere ao livro “À Procura da Felicidade”. Assim, com a renda obtida poderia viajar, ao invés de ficar trancado nos restaurantes diariamente.

Mas atuar nesta área não seria possível se continuasse a trabalhar em meu restaurante. Assim, tomei uma atitude corajosa da qual até hoje não me arrependo – vendi o restaurante com todos os equipamentos, utensílios e o utilitário. Consegui o dobro do preço que havia pago. Obtive este valor pelo fato de que havia melhorado em muito o restaurante desde quando assumi – conto as mudanças realizadas no restaurante em meu livro – bem como havia um empreendimento na área marítima que estava em fase de construção, mas que traria muito mais movimento ao restaurante.

Então, quando iniciei como Empreendedor Digital, meu patrimônio se resumia a um carro de passeio, uma casa simples de madeira com três quartos, sala, cozinha, banheiro e garagem, totalmente mobiliada, além do valor em dinheiro que recebi pela venda do restaurante.

Existe um ditado que diz: “a sua medida de riqueza é quanto tempo você consegue viver sem trabalhar”. Então, estipulei um padrão de vida, descrevendo quanto poderia gastar mensalmente com Energia Elétrica, Água e Esgoto, Internet e Telefone, Alimentação, Combustível, e percebi que poderia me manter por quatro anos e alguns meses com o dinheiro arrecadado. 

Uma vez livre de todos os compromissos relacionados ao restaurante, iniciei como Empreendedor Digital, trabalhando apenas nesta área. Mas não demorou quatro anos para começarem a aparecer os resultados e consegui atingir todos os meus objetivos.

Gostaria de apresentar um de meus Info-Produtos. Trata-se da Apostila "Química de Alimentos".


Se você leu o livro “À Procura da Felicidade” do Chef Paulo Carvalho, deve saber que quando ele teve seu insight e sua visão de futuro, vendo-se trabalhando com gastronomia até o resto de sua vida, descobrindo, portanto, seu talento, deu início a pesquisas sobre o tema e criou uma série de “Apostilas” que foram seus primeiros estudos sobre gastronomia.

Pois bem! Este E-Book é uma destas apostilas, a qual fala sobre “Química dos Alimentos”. Claro que o conhecimento profundo sobre a química dos alimentos não é uma atribuição de um chef de cozinha, mas o Chef decidiu que deveria aprender sobre o assunto para melhor entender os processos químicos que ocorrem na preparação dos alimentos.

Nesta Apostila você vai compreender melhor componentes dos alimentos como:

Carboidratos;
Proteínas;
Lipídeos;
Sais minerais;
Vitaminas;
Pigmentos;
Aditivos;
Métodos de conservação dos alimentos; e
Microorganismos úteis, deteriorantes e patogênicos.

Com certeza trata-se de um material que vai lhe ajudar muito a aprender mais sobre este intrigante mundo, que é a química dos alimentos. Seja para você que deseja aprender mais, para cozinhar melhor para seus amigos e família, ou para você que deseja se profissionalizar, este E-Book será um ótimo aliado para seu aperfeiçoamento!

Esta série de Info-Produtos é composta pelas seguintes apostilas:

Propriedades dos Alimentos II, dando um total de treze apostilas.   

As apostilas contêm o teor original de quando foram criadas pelo Chef, incluindo a capa, que apresenta o logotipo que teria seu primeiro restaurante, mas que não foi utilizado, pois decidiu mais tarde pelo nome “Dupaolo”, como você pode ver, conforme texto retirado de seu livro, o qual afirma que: “Neste mesmo instante, já defini o nome do restaurante – Chardonié – nome associado a uma uva bastante conhecida no mundo inteiro. Elaborei também, na mesma hora, o logotipo que teria o meu restaurante no futuro. Coloquei este logotipo na capa da apostila “Receitas e histórico de pratos clássicos internacionais”, a qual foi minha primeira pesquisa na área gastronômica”.

Bons Estudos!

Leia Também:

Aditivos nutricionais e agentes processantes

Como os aditivos fazem parte de nossa alimentação

Como preparar o Filet Chateaubriand


Gostou? Então deixe o seu

 Comentário abaixo :-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário