segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Receita de Mojito

El trago preferido del capitan. O Mojito, assim como o Daiquirí, se consagrou nos bares cubanos, a partir dos anos 40. A receita do drinque, tal qual a conhecemos hoje, é uma criação do célebre La Bodeguita del Medio, em Havana, um dos bares mais famosos da ilha de Fidel, bem como do planeta. 

Apreciado por ninguém menos do que o escritor norte-americano Ernest Hemingway (1899-1961), que o projetou mundo afora, é o autor de O Velho e o Mar e de Adeus às Armas, entre outras obras-primas, quem primeiro discorreu sobre a origem deste clássico coquetel em seus escritos. 

Segundo Hemingway, o almirante e aventureiro inglês Francis Drake, o primeiro navegante europeu a aportar nas ilhas do Pacífico Sul, teria sido o primeiro a misturar as folhas de hortelã, e os seus indefectíveis aromas, com o rum, a mais tropical das bebidas. A explicação do velho capitão: a beberagem seria ideal para proteger os seus marujos de problemas respiratórios e estomacais, tão freqüentes nas grandes travessias marítimas. 

Desculpa esfarrapada, ou não, o Mojito é uma alquimia deliciosamente refrescante, ideal para ser saboreado nos dias mais quentes. Melhor. A qualquer hora. 

Ingredientes

1 dose de rum branco
1 lance de suco de limão
1 colher (chá) de açúcar
1 garrafinha de Club soda
4 folhas de hortelã frescas

Preparo

Em um copo longo, coloque as folhas de hortelã, o açúcar e, com um socador, pressione levemente. Acrescente o rum, o suco de limão, muito gelo picado e mexa bem. Complete com club soda e decore com um ramo de hortelã.


Se você leu o Livro "À procura da felicidade", deve saber que quando tive meu insight e minha visão de futuro, vendo-me trabalhando com gastronomia até o resto de minha vida, descobrindo, portanto, meu talento, dei início a pesquisas sobre o tema e criei uma série de “Apostilas” que foram meus primeiros estudos sobre gastronomia. 

Pois bem! Este E-Book é a "Apostila Coquetéis", a qual fala, obviamente, sobre “Coquetéis”. A apostila contêm o teor original de quando foi criada por mim em meu início de carreira, incluindo a capa, que apresenta o logotipo que teria meu primeiro restaurante, mas que não foi utilizado, pois decidi mais tarde pelo nome “Dupaolo”, como descrito em meu livro.

Nesta Apostila você vai encontrar: 

Histórico e utilidade dos coquetéis;
Tipos de coquetéis;
Equipamentos necessários para preparar coquetéis;
Bebidas que podem ser utilizadas para preparar coquetéis;
Calorias das bebidas;
Decoração para o preparo de coquetéis;
Tipos de copos;
Coquetéis clássicos mais famosos;
Receita e história dos principais coquetéis oficiais.

Seja para você que deseja aprender para degustar em casa com seus amigos, ou para você que deseja se profissionalizar nesta área, este E-Book será um ótimo aliado para seu aperfeiçoamento!


Esta série de Info-Produtos é composta pelas seguintes apostilas:

Propriedades dos Alimentos II, dando um total de treze apostilas.

Leia Também: 

Classificação dos coquetéis


Como um profissional se torna a alma do estabelecimento

Como descobrir seu talento

Gostou? Então deixe o seu


 Comentário abaixo :-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário