terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Queijo de Minas

É o queijo mais consumido em nosso país, seja pela facilidade em produzi-lo, seja pela vasta distribuição no mercado, sem falar no seu sabor que agrada ao paladar dos brasileiros. 

As variedades de queijo das diferentes regiões queijeiras de Minas Gerais distinguem-se umas das outras. O leite é diferente em razão do clima, do solo, da raça e da alimentação das vacas que dá a identidade para cada queijo. 

Queijo frescal é o mais conhecido e consumido, principalmente por pessoas que querem perder ou manter o peso. É consumido puro, em sanduíches e com doces, como a clássica combinação com goiabada (Romeu e Julieta). Trata-se de um queijo delicado, de massa crua e que deve ser consumido até 10 dias depois de fabricado, já que sua produção envolve muita manipulação e tem elevado teor de umidade. Fabricado no sul de Minas e na Zona da Mata mineira. 

Queijo-de-minas do tipo padrão é firme com casca amarelada, massa interna branco-creme, buracos irregulares, sabor pronunciado e levemente ácido. Pode ser guardado sem perder as características por até 90 dias, desde que mantido sob refrigeração. Retire da geladeira de 15 a 20 minutos antes de servir para que o queijo recupere a consistência e sabor originais. 

Queijo meia-cura: também chamado de semi-curado, é um queijo com características entre o queijo-de-minas padrão e o queijo prato. Seu tempo de cura é maior do que o minas padrão e varia de acordo com o fabricante. Sua massa é macia, amarelada e contém maior teor de gordura. O queijo-de-minas é o mais popular do país.

Já que estamos falando sobre queijos, gostaria de indicar uma apostila de minha autoria. Trata-se da Apostila Queijos


Se você leu o livro “À Procura da Felicidade” do Chef Paulo Carvalho, deve saber que quando ele teve seu insight e sua visão de futuro, vendo-se trabalhando com gastronomia até o resto de sua vida, descobrindo, portanto, seu talento, deu início a pesquisas sobre o tema e criou uma série de “Apostilas” que foram seus primeiros estudos sobre gastronomia.   

Pois bem! Este E-Book é uma destas apostilas, a qual fala sobre “Queijos”. Na opinião do Chef, um bom profissional precisa conhecer os diversos tipos de queijos. Não apenas em teoria, mas degustar cada um deles, pois qualquer receita fica bem melhor quando adicionado o queijo certo.


As apostilas contêm o teor original de quando foram criadas pelo Chef, incluindo a capa, que apresenta o logotipo que teria seu primeiro restaurante, mas que não foi utilizado, pois decidiu mais tarde pelo nome “Dupaolo”, sendo que “Du” quer dizer “Do” em francês e “Paolo” é “Paulo” em italiano, conforme texto retirado de seu livro: “Neste mesmo instante, já defini o nome do restaurante – Chardonié – nome associado a uma uva bastante conhecida no mundo inteiro. Elaborei também, na mesma hora, o logotipo que teria o meu restaurante no futuro. Coloquei este logotipo na capa da apostila “Receitas e histórico de pratos clássicos internacionais”, a qual foi minha primeira pesquisa na área gastronômica”.   

Nesta Apostila você vai encontrar:   

A origem e tipos de queijo; 

Descrição dos seguintes queijos: 
- Asiago; 
- Brie; 
- Caciocavallo; 
- Camembert; 
- Cotage;  
- Cream Cheese 
- Edam; 
- Emmenthal; 
- Gorgonzola; 
- Gouda; 
- Grana; 
- Gruyère; 
- Mascarpone; 
- Mussarela; 
- Parmeggiano; 
- Pecorino; 
- Provolone; 
- Queijo de Cabra; 
- Queijo de Minas; 
- Feta; 
- Roquefort;
 - Ricota; 
- Coalho; 
- Reblochon; e 
- Saint Paulin.  

Com certeza trata-se de um material que vai lhe ajudar muito a aprender mais sobre queijos. Seja para você que deseja aprender mais para cozinhar para sua família e amigos, ou para você que deseja se profissionalizar em Gastronomia, este E-Book será um ótimo aliado para seu aperfeiçoamento!

Esta série de Info-Produtos é composta pelas seguintes apostilas:

Leia Também:

História e receita do molho pesto

Receita de panceta grelhada

Como a análise de suas atitudes e gostos do passado pode revelar seu talento


Gostou? Então deixe o seu



 Comentário abaixo :-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário